13. Partitivos

Página anterior   Próxima página

Por expressões partitivas entende-se tipos de expressões de quantificação que designam partes de um todo. Os exemplos seguintes ilustram expressões partitivas:

Geralmente a unidade dividida em partes  (expressa em expressões partitivas) é de natureza nominal ou são quantificadores. Outra característica é a existência da preposição de imediatamente após a expressão partitiva.

Na Floresta, a análise sintáctica associada a expressões partitivas é a seguinte:

CP157-3 Dois terços dessas economias serão obtidas através de cortes nas despesas do Estado Federal, províncias e autoridades comunais, estando o resto dependente de um aumento de receitas.

A1
STA:fcl
=SUBJ:adjp
==>A:num('dois' <card> M P) Dois
==H:adj('terço' <NUM-ord> M P) terços
==A<:pp
===H:prp('de' <sam->) de
===P<:np
====>N:pron-det('esse' <-sam> <dem> F P) essas
====H:n('economia' F P) economias

CP18-4 Eurico e Milton Areal porque o terreno estava quase impraticável, mas nem melhor nem pior do que na primeira metade do encontro e o Tirsense parecia mais fresco e estava em situação de vantagem numérica.


=======ADVL:pp
========H:prp('em' <sam->) em
========P<:np
=========>N:art('o' <-sam> <artd> S) a
=========>N:adj('primeiro' <NUM-ord> F S) primeira
=========H:n('metade' F S) metade
=========N<ARG:pp
==========H:prp('de' <sam->) de
==========P<:np
===========>N:art('o' <-sam> <artd> M S) o
===========H:n('encontro' M S) encontro

CP1-3 É uma das mais antigas discotecas do Algarve, situada em Albufeira, que continua a manter os traços decorativos e as clientelas de sempre.

A1
STA:fcl
=P:v-fin('ser' PR 3S IND) É
=SC:np
==H:num('um' <card> F S) uma
==A<:pp
===H:prp('de' <sam->) de
===P<:np
====>N:art('o' <-sam> <artd> P) as
====>N:adjp
=====>A:adv('mais' <quant>) mais
=====H:adj('antigo' F P) antigas
====H:n('discoteca' <np-partitive2> F P) discotecas

CP392-11 O presidente da Associação Portuguesa de Surdos advertiu ontem que o desenvolvimento da maioria da população surda «deixa muito a desejar».
.

...
==SUBJ:np
==>N:art('o' <artd> M S) o
==H:n('desenvolvimento' M S) desenvolvimento
==N<ARGS:pp
===H:prp('de' <sam->) de
===P<:np
====>N:art('o' <-sam> <artd> F S) a
====H:n('maioria' F S) maioria
====N<ARG:pp
=====H:prp('de' <sam->) de
=====P<:np
======>N:art('o' <-sam> <artd> F S) a
======H:n('população' <np-partitive1> F S) população


CF1-8 Muitas das prioridades do novo governo coincidem com as prioridades do PT.

A1
STA:fcl
=SUBJ:np
==H:pron-det('muito' <quant> F P) Muitas
==N<:pp
===H:prp('de' <sam->) de
===P<:np
====>N:art('o' <-sam> <artd> F P) as
====H:n('prioridade' <np-partitive2> F P) prioridades

Como se pode observar, a análise das expressões partitivas no Bosque toma como núcleo do sintagma não a unidade, mas a parte em que a unidade está dividida (a negrito nos exemplos).

De um ponto de vista estritamente semântico, a expressão de partitivos segue a distinção contável / não contável - mas, em português, este critério semântico pode não ser suficiente. Os partitivos podem incluir também substantivos contáveis, em construções em que núcleos sintácticos e semânticos diferem:

    Um pedaço de pão
    Duas dúzias de laranjas
    Muitos dos soldados

A partitividade é, principalmente, uma noção semântica, relacionada às atividades de contagem e medição, o que permite encontrar diferentes estruturas linguísticas na tentativa de marcar a sua contraparte sintáctica.  Sob o "rótulo" de partitivos, é possível distinguir fenômenos como a separação contável / não contável ou a idéia mais geral de parte de um todo.  No Bosque, tentamos manter essas distinções, introduzindo as seguintes etiquetas secundárias: 


partitivos com não contáveis ...bebeu um copo de água; ...pesou metade da farinha... <np-partitive1>
expr. de quantif. /pron. com art. def. e  subst. contável a maioria dos feridos, boa parte dos problemas; metade dos leitores; alguns dos meninos, três dos meninos.. <np-partitive2>
"outros" quantificadores  com PP:   uma série de questões, milhões de usuários <np-dequant>


Para procurar estruturas partitivas do Bosque com auxílio da ferramenta de busca em árvores Milhafre, basta ir ao campo "Procuráveis" e digitar np-partitive1, np-partitive2 ou np-dequant.

Página anterior   Próxima página